Eu disse “Sim”
/
/
Eu disse “Sim”

Eu disse “Sim”

 

Primeiro Bem-vindas ao Nosso Espaço!

Esse post é inspirado primeiramente em vocês que pediram para ver as fotos do meu casamento. Logo, me motivei em compartilhar não apenas as fotos mas também o que está por traz delas.

Como vocês já sabem, sou muito ansiosa e estava doida para postar tudo aqui na integra para vocês.

Sabe, nunca imaginei um dia expor como tudo começou, mas como vocês são de casa me sinto segura em compartilhar.

A grande verdade, é que o Rosendo chegou minha vida em um momento que não queria ver homem nem “pintado de ouro”.

Já tinha me libertado das cobranças de ter um relacionamento. Me lembro claramente as perguntas nas festas de família, ” Cadê O namorado?” , “Nossa não vai casar?”, entre outras..rs

Além disso, passei por uma decepção amorosa, demorei para me recompor e não queria ninguém, como disse acima “nem pintado de ouro”…rs

Olha amiga se você passa ou já possou por isso comenta aí… rs

Então, queria viver plena e absoluta! Me arrumava, passava make por mim. Nas festa de família tinha o maior orgulho de dizer que estava solteira, minha mãe sempre educou muito bem e Deus me ama independente de qualquer coisa, não tinha motivos para chorar por nada!

Essa liberdade de servir a Deus na totalidade, nada além da presença do Senhor preenchia meu coração (nesse momento meus olhos enchem da lágrimas) o amor de Deus invade e é libertador. Deus me encheu de paz e tive momentos íntimos com Deus de muita profundidade.

Já ouviu essa frase: “Quando você não quer, que acontece?”

Eu estava bem, não sentia falta de nada, bem com Deus e em paz comigo mesma.

Em um belo dia…

Onde? Na igreja. Essa pessoa me dá a Paz do Senhor e fica segurando a minha mão, mas como eu sou desligada não reparei…rs (ele fala que eu estava segurando a mão dele)

Ele queria me conhecer melhor aquelas coisas que vocês já sabem. Me adicionou no facebook e conversamos, mas eu não queria. Eu estava tão bem e tão completa sem motivos de me envolver alguém …rs

Meninas, juro fiz tudo ao contrário. Eu na faculdade ele me chama para irmos comer no MC”, exatamente naquele dia tinha feito sobrancelhas de henna, quem já fez sabe no dia fica super preto, mas eu não estava nem aí. Eu não me importava se estava bem arrumada, passar make, arrumar o cabelo por ele queria que ele desistisse. Mas não deu certo

Ele sempre se esforçava para estar comigo, mas eu não queria. A verdade, não queria me machucar chorar, uma pessoa entrar na minha vida e não queria viver isso novamente. Em uma belo dia de manhã, eu estava no trabalho, ele me chama tomar uma café na padaria, antes de sair com ele falei com a minha e ela disse:” vai se dê a oportunidade”. Isso me deu um alívio, fui tomar esse café e falei para ele: Ok, vamos namorar e expôs as minha condições, foi tão seca :/

Mas mesmo assim, me limitava em me entregar na totalidade. Aos poucos percebi que ele realmente gostava de mim.

Lembro-me que uma dia ele chegou na minha casa, eu estava horrível. De pijama, cabelos um fuá e meias uma de cada. Ele olha pra mim e diz: Você é Tão Linda! Nesse dia tudo mudou. Ao lado dele me sentia segura e colida. Então, no casamento da minha Irmã ele me pediu em namoro e “Eu disse, Sim”.

Um poema que amo de Carlos Drummond – “Não deixe o Amor Passar…”

Share this post

Comments

  • Amiga, ficou top todas as fotos…..ameeeeeei

    Sabrina
    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart

Nenhum produto no carrinho.